terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

O fim?

Poderia dizer que o Café Quente & Sherlock termina nessa postagem. Mas não! Apenas umas férias de alguns dias, algumas semanas, ou meses.

Lembro quando eu comecei o CQ&Sherlock... 
Eu tinha um outro blog e uma das postagens falava sobre música fazer bem, poderia ser até melhor que uma terapia paga. Pedi para alguém [conhecido real] dá uma olhadinha e recebi umas críticas duras.

Críticas são críticas e podem até ser benéficas, quando as pessoas FALAM DE UMA MANEIRA EDUCADA E ESCOLHEM AS PALAVRAS (mas esta pessoa, talvez, pela natureza bruta, ou educação recebida, deve considerar polidez um ponto fraco e que não combina com poder, força e inteligência...).

Deletei o blog e, logo em seguida, depois de terminar uma faculdade não desejada, acumular certas desesperanças, não querer ver muita gente nem pintada de ouro e ficar sem trampo, resolvi abrir outro, levando muito mais para  o lado poético, contador de histórias e etc, do que para o lado 'científico'. E, cá entre nós, eu tenho a tendência de atrair pessoas que adoram críticar e dizer coisas ruins [e não me pergunte o porquê, pois todo ser humano é coberto de defeitos, mas sempre tem aquele, que, de uma maneira ou outra, parece plasticine - família quer moldar, amigos querem dizer o que é melhor e nenhum deles pergunta - o que você pensa a respeito?]. Os 2 anos de CQ&Sherlock foram bacanas - conheci muita gente que comentava/comenta para valer e identifica-se com as postagens.

E sabe de uma coisa? Aproximadamente 98% dos meus seguidores, parceiros e amigos de blog eu nunca vi, não são meus vizinhos, não trocam xícaras de açúcar comigo - são de outros estados. E por quê? Porque, infelizmente, os mais próximos sempre desferem algum tipo de comentário nada construtivo. Outro exemplo? Eu não canto em público, ou, de alguma maneira, não consigo me soltar para cantar. Com o começo das gravações no CQ&Sherlock, apresentei as mesmas para um conhecido e ele disse duramente que eu era desafinada. Então, desde desse dia, resolvi não apresentar o blog para conhecidos. Contudo, continuo a postar minhas records.

Em relação a escrita,

Uma vez um conhecido disse-me que eu achava muito bonito ser triste.

[Eu sou como um elefante, não esqueço de absolutamente nada de ruim do que me dizem.]

Preferi apenas ler e passar para outro assunto. Pois, com minhas observações, aprendi que as pessoas nunca mudarão de opinião se elas não vivem aquilo que você vive e acham que fazem bem dizendo que sua maneira de viver [uns 20 e poucos anos de sobrevivência] é errada. É como no lindo livrinho do Mark Twain - O Príncipe e o Mendigo - cuja a essência é mais ou menos assim - "Todo rei deveria experimentar as suas próprias leis" - ou seja, as pessoas não compreenderão suas angústias se elas mesmas não experimentam ou abriram a mente e o coração para entender.

Há, claro, alguns conhecidos que dizem que eu me entrego demais no blog. Não me arrependo! Muitas vezes o blog foi a única maneira de me sentir bem em meio a alguns turbilhões de angústia.

Escrever não é fácil, assim como qualquer coisa nessa vida.

Existem tantas coisas boas por aí, livros, pessoas... E, só para citar, eu vejo a senhorita Waleska 'Popozuda' no programa da Gabi e pergunto-me - Como acreditar que os bons trabalhos terão sucesso, se as mesmas pessoas que pediram a Waleska na Gabi são, agora, as detentoras do poder de compra e reconhecimento?

Em meio a fatos como esse, perde-se um pouco a vontade de escrever. E muito mais quando, apesar dos  queridos amigos que comentam e dos leitores, eu me deparo com críticas injustas.

A faculdade, apesar de ser o curso que sempre quis, torna-se complicada por causa do MATERIAL HUMANO e não pela Ciência que sempre será linda. E deixo bem claro que eu falei muito sobre meu sonho de estudar Física e que eu deveria estar COLORIDA que nem um arco-íris. Todo mundo faz planos, não é mesmo? Todo mundo acredita que tudo vai dar certo. E se decepciona. Não que eu vá desistir. Porém é duro e, muitas vezes, péssimo ouvir certos discursos.

Sabe, querido (a) leitor (a), eu desejo que tudo melhore e eu possa dizer que a inspiração para escrever voltou.

Até lá, eu gostaria que você, se tiver um tempinho, lesse (se não leu) os livros do Sherlock e visse a série da BBC - Sherlock. Escutasse algum The Best Of do Nat King Cole e o Plenilunio [1997] do Luar Na Lubre. Se tiver ainda mais tempo, leia Na Pior em Paris e Londres do George Orwell.

Espero vê-lo logo!
Até breve!

Com carinho,

T.S. Frank

23 comentários:

  1. Blog é interessante, pois serve de válvula de escape para muitas coisas.

    Porém, eu acho que nos viciamos demais na internet, perdemos tempo demais com ela. E ao invés de estarmos lendo, assistindo algum documentário ou simplesmente num bar bebendo sozinho ou com amigos, estamos aqui, numa vida superficial e sem o contato pessoal. O toque.

    Acho que a internet veio para ajudar em um monte de coisa, mas ao mesmo tempo sinto uma vida fictícia atrás dela. Parece que a ficção machuca menos que a realidade. Por isso, optamos em nos resguardar atrás de uma tela. Nos sentimos mais seguros.

    Enfim, não vou dizer nada de "que pena o blog era tão legal" ou "ahhh não vai, fique, por favor" etc. etc. etc., pois a decisão é sua e ninguém melhor para saber o que é melhor para você, do que a própria TS Frank.

    Gostava muito do clima daqui. Realmente cheirava a café, poesia cult e B-side film.

    Seu blog estará sempre nos meus recomendados, assim que fizeres um novo post, seja hoje, amanhã ou daqui a dois anos, saberei e voltarei aqui.

    Só não quero perder o contato.

    Deixa teu e-mail pra mim, quem sabe um dia precisamos desabafar e pelo menos ainda temos o "ombro virtual" um do outro. Pois muitas vezes é melhor se abrir com palavras escritas do que ditas.

    Grande Beijo!

    ----
    Site Oficial: JimCarbonera.com
    Rascunhos: PalavraVadia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querido Jim!

      Pois, concordo... Por isso não tenho mais orkut e o face eu nem tive por mais de 2 semanas. Eu tenho o blog que é, como você mesmo disse, uma válvula de escape. Como eu disse, não é bem o fim... Só uma pausa, um reencontro... Para achar a inspiração... Beijoos...

      Excluir
  2. Ahh, não sie que fim deu o William. A última notícia que tive foi que virou avô.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana! Vai ser um neto super culto e roqueiro! \o/

      Excluir
  3. Frankinha minha amiga... Só posso dizer que você fará falta pra mim nessas suas férias aí... Vou esperar a sua volta e sei que um dia vai voltar pra gente porque como disse o Jim aí em cima, essa blogsfera vicia, hahahahhahahahahaha.

    Um beijão e volte logo!

    ResponderExcluir
  4. Hey Frank, não posso dizer que fiquei feliz com tudo o que foi escrito. Aqui é um dos poucos blogs que continuo a visitar depois que o primeiro Insanidades foi "tirado do ar", e curto muito vir aqui e ler e não somente pela camaradagem entre blogueiros.

    Gosto da forma como você escreve e por vezes possuo a mesma opinião, dividimos a paixão pelo café e pelo ~lindo, inteligente, irritante~ Holmes.

    Eu lembro ~ainda no blog antigo~ de que nos meus desabafos você me dava incentivo pra lutar pelo que eu queria e eu lembro de suas palavras ao continuar acreditando que iria entrar na faculdade de Física. E olha só você, quando todo o resto tinha esquecido, você está aí. Concordo quando diz que mesmo realizando nossos desejos, nada é perfeito,apenas lembre-se que são tais imperfeições que fazem com que olhemos para trás e percebamos que pode ter sido com elas que colorimos nossos dias sem nos dar conta.

    Eu comentei uma vez e nem sei se você chegou a ler ~e devido a tais circunstâncias acho de bom tom dizer de novo~, do orgulho que tive mesmo sem nunca ter cruzado na rua ou ter te servido uma xícara de café na cozinha, quando procurei pela série do Sherlock na BBC através do google e o segundo link foi do seu blog. Senti orgulho e não é exagero, porque parte de ti teve reconhecimento. As pessoas puderam ter a chance de vir aqui um pouco e te conhecer.

    Infelizmente nem tudo são flores nessa vida de expor o que pensamos e sentimos, e há aqueles que possuem o talento de nadar em um mar de ignorância, que preferem criticar o outro a consertar o telhado da própria casa com goteiras enormes. No entanto, devemos agradecer pela existência dessas pessoas. São elas que nos dão tapas na cara e nos acordam para a realidade que há muito a ser feito, há milhões de pessoas que necessitam ainda mudar seu pensamento e seu modo de vida. Acredito que você faz um pouco disso quando escreve.

    Por fim, desejo que sua inspiração com o Café Quente e Sherlock volte logo. Sentirei saudades daqui. Mas se ela foi embora e nem disse até logo, que você canalize suas ideias em novos projetos e sim seja feliz, tenha força a cada dia porque é complicado a vida e as pessoas nela, mas é o que temos pra agora não é mesmo?

    Sorte e sabedoria. Ah e muitos cafés quentes e mais episódios do fofo Holmes.

    ;*

    ResponderExcluir
  5. Ticy, minha miga!
    Nem sei o que dizer...
    pelo que entendi é uma pausa...
    Espero que seja reticências e não um fim.
    No momento em que eu penso se sigo ou não, você faz um post destes, e sinceramente, ando meio down, coisa rara, mas acontece, não sei bem o que te dizer.
    Se deixares este post, volto, tá bom e comento legal, pois tenho muito a te dizer ainda.
    Já sabe meu e-mail, qualquer coisa me retorna!
    Beijinhossss!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Ticyana! ( finalmente descubro o seu nome rsrs)

    Eu vou escrever uma coisa aqui que talvez nem deveria, mas tá, vamos lá: têm blogues dos quais a pessoa descobre e aguarda ansioso por novas atualizações, relê postagens, dá uma olhadinha nos posts antigos, enfim, se esbalda pela página, pelas letras e o que mais tiver neles. Eu tenho uns blogues preferidos, sim, e posso dizer que apesar do pouco tempo que acesso o Café Quente & Sherlock este é, sim, um daqueles blogues dos quais eu aguardo ansioso por novas postagens e dou uma conferida nas postagens antigas. Aprecio demais o seu estilo - literário e musical. Sua escrita é espontânea, natural, e em tempos onde tudo é tão pasteurizado e soa tão artificial, como é bom encontrar um espaço com este aqui!

    E sem falar na tua voz que manda muito bem nas músicas - com excelentes escolhas, por sinal. (Mama Cass, Nina Simone, Carpenters e Ritchie Valens! É uma seleção e tanto!)

    Por que estou dizendo tudo isso? Sei que não encerrará as atividades do blogue, sei que precisa deste tempo para repensar, para inspirar - eu mesmo passei 02 anos sem postar nada no meu blogue, espero que você não passe todo este tempo fora rs -, sei que tudo vai melhorar. Então eu estou escrevendo tudo isso para que você tenha ORGULHO do que construiu por aqui. Você afirmou que não se arrepende por "se entregar demais" via blog. Eu acho que isso é importantíssimo pois revela sua personalidade corajosa, afinal não são todos que se entregam assim, que mostram aquilo o que sentem verdadeiramente através da literatura, da música e deste meio virtual.

    Eu também tenho essa memória quase de elefante...rs Mas ultimamente estou aprendendo a relevar certas coisas. Estou sempre aberto a críticas, são importantes e fazem parte do crescimento. Hoje eu consigo identificar críticas, mesmo partindo de pessoas um tanto grosseiras, que podem acrescentar alguma coisa tanto no meu trabalho quanto até mesmo na escrita. Por outro lado, daqueles que eu sinto a maldade, inveja ou qualquer sentimento que não seja outro além da pura crítica que procura todos os defeitos e trabalha em cima destes para arrasar com o autor...bem, estes eu faço aquela cara de paisagem, me afasto. Ouço, claro, mas logo trato de não considerar válido.

    Como você citou o velho e bom Twain ( um dos meus preferidos), aqui vai uma breve citação: "Não podemos chegar à velhice através de outra pessoa". Claro que você tem anos, tem décadas pela frente, mas você entendeu as palavras de nosso Samuel Clemens, não é? Plasticines estão aos montes por aí. Sua faculdade, sua literatura, sua música, você mesma...está tudo com você, está tudo em você, querida T.S.Frank! :)

    (ou como diriam aqueles filósofos ingleses do final da década de 70 que mal sabiam tirar além de 3 acordes na guitarra e escandalizaram a rainha - Deus salve a Rainha: "Be yourself!" )

    Beijo grande pra você e espero que retorne em breve. Saiba que estarei ansioso por novas postagens - e notícias. Não gostaria de perder o contato com uma maranhense fã de Pink Floyd, que canta Nina Simone e adora física e astronomia! E, claro, literatura! Olha quanto bom gosto! ( tá, eu não me dou bem com física, mas quem não gosta de astronomia? rs) Qualquer coisa lá na aba "contatos" do meu pobre bloguezinhos tem um e-mails e redes sociais. Em breve talvez eu pense em pombos-correios e sinais de fumaça, mas ainda não tenho domínio dessas tecnologias. :)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Oi T.S,

    pois é. Acho que não deve fechar o blog - espero que não o faça! Se escrever lhe faz bem, escreva! Críticas e pessoas prontas para ferir sempre aparecerão. Até mesmo quando tentamos ajudar alguém, somos, muitas vezes, mal compreendidos. Amizades acabam justamente quando o outro não quer mais ouvir seus argumentos. É a vida.
    Eu também já levei algumas "patadas" escrevendo o que penso no blog. Pessoas que não concordaram com o que escrevi, com o jeito que escrevi ou que simplesmente, queriam brigar. Como não sou muito de ficar triste, minha reação é ficar irritada. Apesar disso, não penso em parar de escrever porque me faz bem. Gosto da escrita, de lidar com textos. Por isso, espero que brevemente volte a escrever. E revigorada dessa fase complicada.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Olá Ticy,

    Olha, sobre uma coisa que você falou, eu me lembrei do meu próprio caso. Raros são os amigos do meu convívio que conhecem e comentam as coisas que eu escrevo, e eu prefiro que seja assim. Amigos mais chegados se comportam mal muitas vezes. Eu tenho certeza que a grande maioria deles iria avacalhar o negócio, falar mal, fazer gracinhas só de "zoeira". Então eu agradeço que não precise ter que lidar com essas presepadas e falta de maturidade. Portanto quando você diz "os mais próximos sempre desferem algum tipo de comentário nada construtivo" eu entendo perfeitamente o que quer dizer.

    Quanto a sua pausa, eu compreendo. Às vezes é bom mesmo para a gente refletir, pensar e recarregar o ânimo dando um tempo. Também tenho certeza que você não está fazendo nenhum golpe publicitário, como no caso de uma experiente blogueira que eu conheço, que fez um tremendo drama para se despedir, vários jogos de cena, com avisos, agradecimentos (chegou até a reclamar de quem já havia tirado o blog dela do blogroll) pra depois "desistir" em nome dos "milhares" de pedidos dos fãs. Eu até gostava dela, mas depois dessa eu peguei desgosto com essa pessoa, achei uma atitude baixa demais.

    Mas enfim, eu espero sinceramente que curta o afastamento, aproveite-o de forma bastante criativa, e volte.

    Um grande beijo e até a volta.

    ResponderExcluir
  9. A quem diga que escrever é facil, como falar também é facil, pois as pessoas dizem o que querem e escrevem o que querem, mas as consequencia são imprevisiveis. Saber porque escrever, e trazer isso como um dom, te faz uma pessoa melhor, mesmo que não sejamos um Garcia Marques da vida. Obrigado pelas visitas de sempre. um beijão !

    ResponderExcluir
  10. Oi T.S Frank!

    Nossa por um momento pensei que abandonaria o blog..nunca faça isso!
    Sobre críticas sabe acho que todo mundo é alvo disso constantemente. Mas uma coisa é certa...tem gente que critica porque inveja. Tem gente que critica porque é imbecil e tem gente que critica que por ser "foda' e melhor do que os outros.
    Eu não critico o trabalho bloguistico de ninguém, cada qual tem seu talento.
    Sempre admirei muito seu trabalho e sua forma de expor opinião.

    Vc disse que já te tacharam de desafinada. Já me tacharam de péssima escritora. Isso pq uma amiga minha, tempos atrás passou uma parte do livro que eu estava escrevendo para ua editora e a pessoa responsável alegou que minha obra era vaga e colocava os personagens jovens demais em uma situação "violenta e impossivel" para o público.
    No momento eu fiquei super mal mas depois de alguns meses percebi..ora1 Ela acha que adolescentes não podem ser "fodas' porque não entende nada de obras japonesas!
    E recomecei um novo projeto muito melhor.

    Anônimos já criticaram meu trabalho e até meu hobby...Aônimos! Gente que apenas servem para rir...

    Não devemos nos deixar abalar por criticas..devemos saber ignorá-las e só retirar aquilo que poderá auxiliar em melhorar nosso trabalho.
    Agora..quando for mostrar seu trabalho, mostre para aquelas pessoas ecléticas, diferenciadas e que vc sabe que gostam de você. Pode não parecer mas elas serão mais sinceras e imparciais do que desconhecidos. Pois tem muito desconhecido que consideramos bons..mas vai saber se eles não acham nosso trabalho melhor do que o deles e falam que é ruim só para não correr o risco de perder espaço.

    Ah olha só! Então ambas concordamos que o 3D é uma coisa muito complicada para o cinema de qualidade! o/ Na real e de forma crua, ele ofusca boas obras e pode prejudicar obras que poderiam ser boas.
    Sim, eu não vi O Artista mas já apoio por merecer o Oscar de melhor filme bem agora, no séc XXI com o advento do 3D o escolhido é um filme de pouquissimos efeitos e em P/B!!! \o/
    Bom eu acho que os efeitos especiais uma faca de dois gumes; por um lado permite que obras fantásticas venham para o cinema (como Senhor dos Anéis, Jurassic Park) mas se mal usados fica algo totalmente descartável e consumista.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Que pena que você estará nos deixando esse período de tempo...
    Você, seus textos e sua musica (vc canta muito bem) são maravilhosos...

    ResponderExcluir
  12. Nossa, mesmo com o tom de despedida eu adorei o seu post pois vc botou emoçào e sentimento em suas palavras que falaram nada mais do que a verdade. saiba que mesmo com as críticas que vc recebe eu te admiro muito e gosto muito de vc mesmo nunca tendo te visto. E faça como eu, críticas construtivas aceite, as outras descarte e finja que nunca existiu. Vc é uma guerreira, uma linda guerreira por sinal e sei que td vai dar certo e lembre-se que nào existe vitória sem sacrificio. espero lhe ver em breve e assim que possivel visite o cinemeirosnews blz. Grande abraço minha querida

    ResponderExcluir
  13. Ticy,
    voltei como disse aí em cima...
    acho que coisas pequenas são coisas pequenas; assim como, coisas grandes são coisas grandes. É simples assim, como matemática.

    O que é difícil é a gente avaliar o que é pequeno e o que é grande, até porque é um conceito subjetivo, mas me parece um tanto evidente que certas críticas são coisas pequenas e que não devem ser motivo para pausa em blog.
    Sobre inspiração para escrever..., quando fico meio down, imagino um mar tocando no bum bum e tenho que sair nadando, não tenho outra alternativa, e faço isso mesmo, forço, e sai, mesmo que demore.

    Beijinhos e volta!
    Qualquer coisa já sabe onde me encontrar! :)

    ResponderExcluir
  14. Oi Ticyana,

    Então dará um tempo? Eu iria dizer "por favor, não vá"! Mas, só nós podemos dizer onde nosso calo aperta, né!? Então, se isso será melhor para vc, o faça! Estaremos aqui, ansiosos pelo seu retorno...

    Aprendi a apreciar muito seu blogue e é assino embaixo de tudo o que o Jaiminho escreveu.

    bjks JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  15. Querida Ticy, muito bom saber que você está em Imperatriz, a gente bem que poderia esbarrar por aí para tomar um café e prosear um tiquim, embora eu ache que quando você ler isto já vai estar na Ilha... or wherever, e enquanto para você as férias começaram agora, as minhas acabam e eu volto à luta... Bom, se me permite dizer algo, o Café Quente é um dos lugares em que me mais me sinto à vontade quando passeio pelo universo da blogosfera. Não sei se por sermos conterrâneos e por toda a poesia que viver nesta nossa terra proporciona, mas creio que vai mais além disto, e sei que esta sensação de aconchego é a mesma que os colegas aqui acima também sentem.

    As críticas, bem, já sabemos que elas sempre existirão, e que, feliz ou infelizmente, nem sempre ao nosso favor... mas sabe, Ticy, críticas destrutivas não servem absolutamente para nada, e quando me deparo com alguma, ou melhor dizendo, sou atingido por alguma, quase sempre percebo que o problema nem mesmo está em mim, e sim na pessoa que desferiu a crítica, a inveja dela, o ciúme, a prepotência e ou simplesmente a vontade de nos derrubar de alguma forma. O importante é não deixar que isso afete sua maneira de pensar e muito menos agir em relação ao que você já faz.

    Desejo que você aproveite ao máximo este tempinho fora, descanse, curta bem as pessoas que você ama, e retorne com a certeza de que a inspiração voltou, não apenas para escrever, mas também traçar novos planos e acreditar que vale a pena.

    Um super abraço!!

    ResponderExcluir
  16. Voltando aqui, nessa madrugada, para dizer que seu blog faz uma falta danada na blogosfera, visse? Lhe conheço há pouco tempo, mas já passei a gostar tantão!!

    bjinhos

    ResponderExcluir
  17. Ticy, passando de novo... mas, dessa vez pra pedir um favor. Sabe sua aba aqui do lado direito, dos hiper cafeinados? Pois é, eu gostaria que vc mudasse o link do meu blog. é que mudei o domínio para http://umaseoutrasjoicy.blogspot.com e o antigo não acessa mais! rs... dá como inválido, quando clica aqui do lado. ;) Sei que vc tá dando um tempinho, mas quando ler esse recado faz esse favorzinho pra minzinha? rs

    bjks http://umaseoutrasjoicy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Você viu que será feita uma nova série baseada em Sherlock e Dr. Watson será uma mulher? http://oglobo.globo.com/revista-da-tv/lucy-liu-interpretara-watson-em-adaptacao-de-sherlock-holmes-4086685

    Quando vi só lembrei de ti!
    Enfim, bom descanso (que todos nós merecemos) e espero o seu retorno ansiosamente!
    Beijos

    Priscila B.

    ResponderExcluir
  19. Ticy,
    hoje estou voltando da minha pausa.
    Obrigada pelo comentário por lá, no post da minha bebê!
    Volta também?
    Nos falamos, tá bom?
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Você esqueceu de referir que também tem seguidores de outros países! XD

    Eu acho seu blog muito inspirador e não acho que deveria dar tanto valor às críticas das outras pessoas (especialmente se não são críticas construtivas ou são feitas sem educação). Todas as formas de arte podem ser eternamente adoradas por uns e completamente odiadas por outros e isso nunca poderá torná-las menos valorosas!

    Volte logo.

    PHS.

    ResponderExcluir
  21. Não vai voltar, miga?
    Tô com saudades!

    Beijos

    ResponderExcluir

Querido (a) leitor (a), obrigada por ler e comentar no Café Quente & Sherlock! Espero que tenha sido uma leitura prazerosa. Até a próxima postagem!