sábado, 22 de novembro de 2014

Aniversário: 29 em notas P&B

"Foi um dia calmo, extremamente.
Apenas fiquei no meu quarto. 
Como todos os dias. 
Foi comum, reflexivo, 
cheio de notas: 
amadeiradas, cafeinadas, adocicadas. 
Preocupo-me com o futuro 
e domina-me o medo. 
Perdi-me em um turbilhão de dúvidas. 
Constatei o óbvio. 
Curo-me ainda de um coração, 
agora, colado, cheio de cicatrizes. 
Só fiz meu cappuccino e assisti ao meu mundo. 
O que eu quero: tempo e qualidade de vida. 
Do resto... Farei minha própria caminhada." 

"Define-me cafés [agora com leite], madrugadas, fins de tarde... Sorrisos, conversas soltas, talvez ousadas, ao fim da tarde [depende do ouvinte, leio os sinais]. São músicas da madrugada. Não há pressão. O cheiro bom, a brisa, a delicadeza do ser, conquista-me, tão simples - é o vento e a suavidade..."




2 comentários:

  1. Tempo e qualidade de vida: eis o que todos buscamos e queremos, querida Ticy.

    ResponderExcluir

Querido (a) leitor (a), obrigada por ler e comentar no Café Quente & Sherlock! Espero que tenha sido uma leitura prazerosa. Até a próxima postagem!