segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Em cartaz: Vida - Escolhas & Atitudes

Prólogo

Com muita honra, publico esta postagem. E ela é dedicada a minha querida amiga Ana Cecília Romeu, do blog Letras, que, utilizando-se da nobre arte de escrever, traz-nos histórias deliciosas, com sabor e cheirinho de pasteizinhos de esperança.

Querida Cissa, obrigada por citar-me em sua crônica! As palavras não conseguem mensurar minha alegria.


"O livre-arbítrio nos dá direito de escolha. As nossas atitudes que refletirão no presente ou mais tarde em quase tudo o que somos e o que fazemos. Ter metas, e quais, e tentar alcançá-las é opção. Mas nem tudo depende exclusivamente de nós, mesmo em nossa própria vida." (Ana Cecília Romeu, em Pastelzinho de amanhã: a difícil arte de pilotar a vida.)

Vida complicada, cheia de sabores, aromas e amores. Corações partidos, ao anoitecer. E uma colinha, na mesa de cabeceira, nas primeiras cores da manhã.

Sabe, temos escolhas, várias. E nessa loteria, muitas vezes, a zebrinha dos anos 80 aparece tão listrada como o sofá da esposa de um mafioso.

Outro dia, eu estava pensando – “Poxa vida! Ano passado, tracei tantos planos e imaginei uma vida coloridíssima. Escutei notas tão suaves, enquanto o filme do por vir passava na minha telinha. Só que, em vez de ser um Pollack, a vida encarregou-se de transformá-lo em um Lynch...”

Pronto! Metas e planos tornaram-se estranhamente pesados e difíceis. E por quê? Porque há alguma força, que de alguma maneira, desvia suavemente a linha reta e a transforma em algo mais torto que um caminhar de um bêbado de sexta-feira.

Contudo é nessa parte que entram as atitudes – a chave para um roteiro com final surpreendente. Atitudes sensatas, claro, apresentarão um #The End# no melhor estilo 'E foram felizes... até o próximo filme.'

Afinal, copiando descaradamente Joseph Murphy (1898-1981) - "A vida se tornaria insuportável, se não nos proporcionasse mudanças."

Epílogo

Pastelzinho de amanhã: a difícil arte de pilotar a vida (Ana Cecília Romeu)

10 comentários:

  1. Nossa que blog legal e ainda homenageando minha companheira de blogosfera !

    Sua postagem me tocou...ja sigo !

    Abraço.

    Logo lhe convido a divulgar seu blog em nosso grupo no facebook. Basta digitar "blogosfera no Facebook" e colar seu link.

    Eu a ana e o André e varios amigos estamos lá !

    ResponderExcluir
  2. Tici, minha "miga"!
    Nem sei como te agradecer!
    Muito legal, uma (re)homenagem! rsrs Uma homenagem da homenagem!

    Mas a vida nos causa surpresas, e às vezes, planejar muito, ter um plano de voo certinho, só nos causa decepções, temos que ter um plano B, um C, D, F... e para várias letras do alfabeto. É a vida, com seus imprevistos nos testando!

    Beijinhos, querida amiga! Te cuida!
    Fiquei muito honrada com a lembrança e na esperança que esteja tudo muito bem! :)

    ResponderExcluir
  3. Ah! Tici, o Victor aí em cima, é um amigo aqui da blogosfera, muito amigo, gente fina ele.
    E criou um grupo no facebook para divulgarmos os blogs, dialogarmos, enfim... se quiser dar uma olhadinha...

    Beijos e obrigada, novamente!

    PS.: Qualquer coisa, me dá um toque se precisar de algo!

    ResponderExcluir
  4. Oi T.S!

    Pois é, acho que os contos da Cissa demonstram muito claramente, uma única - e importantíssima coisa: nós sempre nos surpreendemos com a vida. Sempre tendemos a achar que podemos controlar todos os acontecimentos, mas ela sempre acaba nos dando uma rasteira... Resta-nos tirar desse fato força de impulsão avante.

    Espero que consiga utilizar a força das quedas que teve - e inevitavelmente, todos teremos.

    Abração!!

    ResponderExcluir
  5. Olá, T. S., prazer em conhecer.
    A Ana me indicou o teu site, e devo dizer que o achei simplesmente magnífico.
    Dizem que a vida é um rascunho, que não podemos reescrever aquilo que ficou pra trás e não podemos saber o que surgirá pela frente.
    Temos de aceitar isso, e fazer nosso melhor a cada dia.
    Abraço e até a próxima.

    ResponderExcluir
  6. Olá minha amiga linda,

    Fazia tempo que eu não passava por aqui, e me surpreendi com o seu canto e com esse seu post tão bonito. A Cissa é mesmo fera em contar histórias, e você, tenho certeza, é fera em superar os obstáculos da vida, por mais tortos que sejam os caminhos. Eu sempre torci muito por você porque sei o quanto é difícil lutar pelos nossos sonhos, num país de poucas oportunidades. Mas a gente chega lá.

    Grande beijo! Foi bom te ver lá no Rama.

    Almir Ferreira

    ResponderExcluir
  7. Que legal que ficou essa postagem e ainda mais homenageando a Cissa que é uma menina tão legal!

    Parabens as duas!

    ResponderExcluir
  8. Frank, amo esses posts em homenagem a outros blogueiros, no caso da Cissa foi uma ótima escolha, sou membro de carteirinha do Humor em Conto, amo as estórias da Cissa, uma guria muito talentosa, sensível e amável, e essa homenagem é bem vinda.

    Em relação ao texto a vida gravita em torno de planos e projetos, aqueles que não sonham, projetam e trabalham em prol deles realmente vegeta.

    Um abração pra ti Frank, tava sumida hein?

    ResponderExcluir
  9. A Ana é uma das poucas pessoas da blogosfera que possuem amigos de verdade, T. S. Frank, e ela consegue surpreender a todos de forma única.
    Assim como a vida.
    Muito bem feita sua homenagem a essa pessoa realmente especial.
    Até mais.

    ResponderExcluir
  10. pois é... qual a graça da vida se não fosse uma caixinha de surpresa? Uma caixa de pandora?

    Realmente como diz a cissa, domar a vida não tem jeito. Bukowski, nosso poeta maldito já dizia "é tão fácil ser poeta e tão difícil ser homem."

    Homenagem merecida de ambas (uma para outra) hehe

    Beijoss

    www.jimcarbonera.com

    ResponderExcluir

Querido (a) leitor (a), obrigada por ler e comentar no Café Quente & Sherlock! Espero que tenha sido uma leitura prazerosa. Até a próxima postagem!