domingo, 13 de junho de 2010

Olhei para o céu e ele se abriu - percebi que era a minha vida que estava lá...


Há um trecho de um livro que, quando eu o li pela primeira vez, causou-me uma comoção extraordinária:

"Meus pais não eram cientistas. Não sabiam quase nada sobre ciência. Mas, ao me apresentar simultaneamente ao ceticismo e à admiração, me ensinaram as duas formas de pensar, de tão difícil convivência, centrais para o método científico. Estavam a apenas um passo da pobreza. Mas quando anunciei que queria ser astrônomo, recebi apoio incondicional - mesmo eles (como eu) só tivessem uma ideia muito rudimentar da profissão de Astrônomo. Nunca sugeriram que, consideradas as circunstâncias, talvez fosse melhor eu ser médico ou advogado." 
(O Mundo Assombrado Pelos Demônios, página 14, Companhia de Bolso, 2006)

Esse livro é O Mundo Assombrado Pelos Demônios do grande astrônomo e divulgador da ciência Carl Sagan.

Sagan é minha inspiração em se tratando da profissão mais bela do mundo (porque todos os apaixonados são assim - o maior amor do mundo).

Enquanto tantos não abastados sonham em ser médicos e advogados para fugir da pobreza e alcançar status social, outros apenas querem aprender e difundir conhecimento. Essa é a diferença entre tornar-se mais um, com uma vida confortável e estagnada, ou uma joia mundial, mesmo vivendo, ou sobrevivendo, dia após dia, com uma casinha simples e uma sacola de devaneios.

E se Stendhal, Dostoiévski e Einstein tivessem optado por medicina ou advocacia para alcançar o tão sonhado status? Haveria livros maravilhosos para escancarar uma sociedade cheia de preconceitos e mostrar a degradação da moral? Saberíamos que as estrelas não estão exatamente naquele pontinho onde as enxergamos? Pensaríamos em viagens no tempo? Teríamos noção da imensidão do universo?

Você teria seu ipod ou sua TV HD Full se no mundo só existissem médicos e advogados?

É melhor viver com dinheiro ou com realização? Seria ordem e progresso? Ou primeiro progresso e ordem? (alguém já disse-me que ordem nunca vem antes do progresso, ou você acha que o Bill Gates vivia numa organização digna de dona de casa dos anos 30?)

A ciência é algo tão maravilhoso. É nela que estão as mãos de Deus. E carreiras como a de astrônomo revela-nos pessoas que, como o dr. Sagan, enfrentaram as dificuldades em nome da escolha.

Essa foi a diferença entre um coleguinha de escola de Carl Sagan, que resolveu ser advogado ou médico, e ele que seguiu um sonho juvenil. E esse menino pobre que descobriu a ciência e resolveu abraçá-la, no fim das contas, acabou estampando a capa da Times e agora mesmo tem sua contribuição levada pela Sonda Voyager aos confins do universo.

Eu tive um sonho... Eu olhei para o céu e ele se abriu. Enxerguei o cinturão e a constelação austral de Órion. Meu coração disparou. Percebi que era a minha vida que estava lá.

11 comentários:

  1. Esse livro deve ser bão!!!!!!!!

    adorei os recadinhos cafeinados..kkkkkk
    show!To indo dormir..mais amanhã comento sobre este post..adooooooooro livros..adoro ler..gosta d agatha christie?
    show hein!
    vou lá amiga..pq meus zoóios fexam *-*
    hj ta mttttt frio aki no rio
    polo rio norte
    rss
    vou inbernar com meu pekeno..hehe
    besitos!

    ResponderExcluir
  2. aí se só tivesse médicos advogados e filósofos o mundo estaria perdido

    mais o mundo poderia ter só poeta

    ^^
    lol

    bem fiquei muito interessado no livro

    ResponderExcluir
  3. Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a inclusão dos meus blogues no Hiper Cafeinados e gostaria de avisar q já to seguindo o seu blog tbém ok. Com relação ao seu post, saiba q eu tb tenho esse livro e apesar de parecer um livro de terror (talvez pelo nome) mas não tem nada haver pois fala sobre a ciência e alguns mistérios da humanidade q a ciência dismistifica. Outra coisa, Carl Sagan era ateu e cético até na hora da morte pois conta-se q no leito de morte ele chamou a sua mulher e disse: mulher, td termina agora... ñ existe o depois! ou seja, nada de céu, paraíso, ou vida após a morte! radical o cara né? Ele até escreveu um livro q virou um filme chamado CONTATO. Sabia disso, abraço e sucesso no blog

    ResponderExcluir
  4. Esse post é como se fosse um conselho para mim. Estou no último ano do Ensino Médio, e sempre tem aquela pressão para fazer o que dá mais dinheiro.Isso me deixa tão triste, é como se meus sonhos fossem todos tomados de mim. =/
    Li outro post seu, sobre a cantora Enya. Eu adoro as músicas dela. E concordo com você, eu relaxo muito com essas músicas. Meus pais que me apresentaram essa magnífica cantora.Minha música preferida dela é Watermark.
    Ah sim, minha época preferida é a época dos anos 60.
    RSRSRSRSRSRS' Não, não é o do Ratatouille ! Ele é bonitinho... Mas é que eu chamo o meu futuro marido (que eu ainda vou conhecer) de Remy, porque é um nome francês e eu quero me casar com um francês. rsrsrs
    Adorei seus blogs. Obrigada por ter visitado o meu. Fiquei muito feliz com seu comentário. ^^

    ResponderExcluir
  5. Obrigado por teres colocado em palavras o que também penso e sinto sobre o Sagan. Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Realização é maior que OBRIGAÇÃO...
    Muitos se REALIZAM obtendo status social, acontece, não deixa de ter realizado um desejo, são apenas critérios...
    Eu gostei do texto, o TRECHO ali é otimo, mesmo!
    Saudações Coloradas!
    (Lia)

    ResponderExcluir
  7. hoje vim fazer um convite especial
    estamos lançando um novo projeto e espero que você nos aprecie:

    http://papeisonline.blogspot.com/

    aproveita a oportunidade e assina nosso jornal gratis na opçao assine do menu

    ResponderExcluir
  8. vc como sempre com posts divinos ... fiquei curiosa pra ler o livro ... bjos florzinha :D

    ResponderExcluir
  9. Sabes que me deste inspiração para concretizar uma idéia que venho guardando há um bom tempo?
    Vou criar um filhote do Menas Perca só para comentar os trocentos livros que já devorei... Sei pela tua experiência que ter filhotes do blog é meio complicado, mas a idéia é tentadora... Em breve serás convidada de honra para a inauguração desta cria que nem tem nome ainda! Valeu menina! Abração!

    ResponderExcluir
  10. Eu comprei este livro em um sebo anos atrás.
    Ele é realmente obrigatório, já que ajuda a passar por cima das mentiras que nos impõem todos os dias.
    E também é uma grande homenagem à Ciência e ao raciocínio lógico e crítico, sem os quais ainda estaríamos rabiscando em paredes de cavernas.
    Valeu e até a próxima.

    ResponderExcluir

Querido (a) leitor (a), obrigada por ler e comentar no Café Quente & Sherlock! Espero que tenha sido uma leitura prazerosa. Até a próxima postagem!